Duda Imóveis

Aproveitando esse clima de amor no ar do dia dos namorados resolvemos listar algumas dicas para quem está pensando em ir morar junto com seu amor!

Ir morar junto do seu parceiro é um grande passo a se dar num relacionamento, serve como um test-drive para conhecer a pessoa amada no dia a dia, nos momentos fofos e na hora de lavar a louça! Por isso, atentar-se em alguns pontos importantes tornará esse convívio tranquilo e amoroso.

Comprar ou alugar um imóvel?

Podemos afirmar que neste caso o ideal é alugar um imóvel!

Dai você se pergunta, “Mas porque? Quais vantagens teremos com um imóvel alugado?” Nós dizemos que todas! Uma delas é a mobília, vocês provavelmente estão começando a vida agora e não possuem mobílias, então um imóvel que dispõe de todos os itens necessário para viver fará vocês não se preocupem com isso e nem desembolsem um valor alto para adquirir fogão e geladeira.

Casa ou apartamento?

“Como é nosso estilo de vida?” Essa pergunta deve ser feita pelo casal para decidir qual tipo de imóvel procurar.

Durante a semana vocês trabalham fora, a noite saem para se divertir e nos fins de semana viajam? O ideal seria um apartamento, de um ou dois dormitórios, talvez até uma kitnet, já que vocês não ficarão muito tempo ali. Agora se vocês gostam de espaço, um ou outro trabalha em home office, sonham e ter um bichinho de estimação e curtem ficar em casa nos finais de semana, uma casa seria o ideal o casal!

Onde ficará localizado o ninho de amor?

Ok, fomos bregas nesse título, mas pensar na localização é um dos itens mais importantes, senão o mais, pois muito fatores influenciam neste quesito, como por exemplo, meio de transporte, localização do trabalho, bairro seguro, até mesmo ficar próximo ou longe da família ou amigos.

Pesquise!!

Usem os horários que vocês estão juntos para pesquisar os lugares que vocês se interessam em morar e marquem os horários das visitas em que o casal esteja disponível.

E o financeiro, como está?

Ok, sabemos que este assunto é delicado, mas temos que ser realistas e aceitar que o financeiro é parte fundamental nessa história toda de morar junto. Por isso dialoguem, estudem e decidam o que será melhor para a parte financeira de vocês, para que no futuro o motivo de briga seja apenas a toalha de banho molhada em cima da cama e não o financeiro do casal. Lembrando que isso serve também para depois de já estarem morando junto, pois as contas vão chegar e vocês precisam encontram a melhor forma de administrar esse ponto.

Aprenda com as diferenças!

Como diz aquele trecho da música do Engenheiros do Hawaii, “ninguém é igual a ninguém”! Então sabemos que muitas diferenças vão aparecer ao longo dos dias e para uma boa convivência vocês terão que exercer a empatia e paciência. Mas com amor, sabemos que todas as diferenças ficarão pequenas e vocês viverão dias incríveis.

Para fechar, a última dica que vamos dar é que, tomem sempre as decisões juntos, mantenham um diálogo, coloquem sempre suas ideias sobre a mesa. Sabemos que viver junto com outra pessoa não é fácil, mas o esforço precisa vir dos dois lados para que o amor reine no lar do casal!

Com amor, Duda Imóveis!

Duda Imóveis

Este artigo foi produzido pela Duda Imóveis. Gostou? Compartilhe suas sugestões e dicas, nossos consultores vão adorar conversar com você. Deixe seu comentário abaixo!

Receba seus amigos em casa com comida boa!
20 jul
Datas comemorativas Dicas

Receba seus amigos em casa com comida boa!

Estar com os amigos e recebê-los em casa é sempre uma excelente pedida para o final de semana, melhor ainda […]

leia mais